Especialistas criam livro digital gratuito sobre Social Media - Alquimia da Net

Blog Alquimia

Últimas Notícias.
Especialistas criam livro digital gratuito sobre Social Media

Especialistas criam livro digital gratuito sobre Social Media

15.02.2017.

 

Acaba de ser lançado o livro gratuito “Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais: metodologias, aplicações e inovações”, a partir de experiências e pensamentos de 23 profissionais e pesquisadores de empresas e universidades, como Bradesco, Pernod Ricard, Ipsos, Abril, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Universidade Federal Fluminense (UFF). Ao longo de suas 366 páginas, o leitor encontrará guias, cases e visualizações inéditas sobre temas atuais como “influenciadores”, “Análise de Sentimento”, “Gestão do Conhecimento”, “Gestão de Crises”, “SAC Online” e “Inteligência artificial”.

Organizado por Tarcízio Silva e Max Stabile, fundadores do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD), o material tem como objetivo ajudar na formação de analistas e pesquisadores. Segundo os criadores, “reunir apaixonados por monitoramento e pesquisa em uma série de livros permite gerar novas ideias e realizações essenciais para a evolução do conhecimento”, comenta Max Stabile.

Para o projeto ser realizado, a instituição obteve apoio cultural da Stilingue Inteligência Artificial, empresa que vasculha a internet, imprensa e TV, para gerar capacidade em conteúdo e analisar influenciadores para grandes marcas e empresas. Rodrigo Helcer, CEO da empresa, explica que o que chamou sua atenção foi a dedicação, principalmente dos autores, em unir a visão prática do mercado e, ao mesmo tempo, o rigor acadêmico. “É, literalmente, este pensamento que apoiamos em tudo o que fazemos internamente e ao mercado”, diz.

Em espírito colaborativo visando contribuir com a evolução da profissionalização do mercado, os organizadores e autores decidiram lançar a obra de modo aberto, que pode ser baixada gratuitamente no site do Instituto. Em fevereiro, há previsão da obra impressa ser lançada em quantidade exclusiva.

Insights do livro:

– Memes

O professor Viktor Chagas e o estudante Janderson Pereira Toth, ambos da Universidade Federal Fluminense, apresentam metodologia para monitorar memes nas mídias sociais. Entendê-los é relevante para compreender o debate online sobre eleições, movimentos sociais e ações coletivas, novelas e marcas.

“A pesquisa com memes ocupa, portanto, um segmento de ações estratégicas e de inteligência, que possibilitam o desenvolvimento de campanhas de marketing, produção de narrativas transmídia ou experimentação com alternative story forms (ASFs), pesquisas de opinião e muito mais.” (p.23)

– Inteligência Artificial

Fundadores da Stilingue, Rodrigo Helcer e Milton Stiilpen Jr. escreveram o posfácio para mostrar o futuro do mercado quanto a inteligência artificial. Entre as diversas tecnologias apresentadas, discutem mais de 10 aplicações da “Visão Computacional”, que é a inteligência artificial aplicada à análise de imagens e fotografias.

“Descobrir ocasiões (de consumo ou não) com base no contexto em que a marca aparece; Entender se as marcas estão sendo corretamente aplicadas; Descobrir formas interessantes de como é utilizado um produto ou marca, ou mesmo como eles são “pareados” com outros produtos; Entender que tipo de imagem performa melhor no contexto de um assunto ou comunidade de usuários e outros” (p.351-352)

– Influenciadores

No artigo sobre Influenciadores, Gabriel Ishida, Coordenador de Social Listening na Pernod Ricard Brasil, oferece metodologia própria de identificação de três tipos de influenciadores: broadcasters, conectores e legitimadores. Para Ishida,

“A escolha de influenciadores deve ser de acordo com suas características e alinhada com os objetivos da campanha e da comunicação. Nesse ponto, vale lembrar que a premissa básica na escolha é verificar se o(a) influenciador(a) possui perfil e estilo que combinem com a marca.”  (p.268)

– Crise

No capítulo de “Gestão de Crise nas Mídias Sociais”, Mariana Oliveira fala sobre os passos e cuidados necessários na gestão de riscos e crises, enfatizando a importância do mapeamento contínuo de detratores e defensores da marca também nos momentos de calmaria:

“Assim como o mapeamento de possíveis situações de risco, o mapeamento dos possíveis atores envolvidos em uma crise também se faz necessário. Os principais atores que precisam ser mapeados são os detratores – aquelas pessoas que estão sempre presentes na lista de quem mais fala mal da sua marca – e que com certeza estarão presentes em uma situação adversa. Acompanhar os detratores também é importante para ajudar a descobrir algum foco de crise, pois estas também serão as primeiras pessoas a espalhar más notícias sobre a marca.” (p.129)

– SAC e Social CRM

Marcelo Salgado, gerente de redes sociais, UX e Comunicação do Banco Bradesco apresenta 13 passos para estabelecer conversações nas mídias sociais, que tratam de análise prévia, ferramenta, seleção, formação e outros itens importantes na gestão de equipes.

“Não se cala ou se controla rede. Quem controla, domina, e dominação é o resultado de hierarquia. E hierarquia é o contrário de rede. Redes atendem a outro padrão, muito mais distribuído e inteligente, uma vez que um fractal de mentes funciona melhor do que a soma das mentes contidas nele. As empresas não estão preparadas para essa nova era. Burocratizadas e feudais que são, movem-se lentamente, cheias de fluxos, egoísmos e processos. Já as pessoas, hiperconectadas, conseguem o que precisam rapidamente. É necessário muita arte para resolver esse gap e tornar o tempo da empresa semelhante ao tempo das pessoas.” (p.103)

 

fonte: ADNEWS

Author: